top of page
Buscar
  • Foto do escritorLucca Hansen

Olhos Coçando e Vermelhos: Causas e Tratamentos.

Olhos Coçando e Vermelhos: Causas e Tratamentos


Este artigo responde a dúvida de muitos pacientes:


Doutor meus olho coça e está vermelho o que pode ser?


Introdução

Os olhos coçando e vermelhos são sintomas comuns que podem ser causados por uma variedade de condições, incluindo:


  • Alergia ocular

  • Atopia ocular

  • Blefaritite

  • Olho seco

  • Conjuntivites

  • Mal uso de lentes de contato


Alergia ocular

A alergia ocular é uma reação alérgica que afeta os olhos. Ela é causada pela exposição a alérgenos, como pólen, poeira, pelos de animais e produtos químicos.


Conjuntivite Alérgica de Ambos os Olhos, com sinais de paciente pediátrico que coça os olhos cronicamente.
Conjuntivite Alérgica de Ambos os Olhos, com sinais de paciente pediátrico que coça os olhos cronicamente.

Sintomas

Os sintomas da alergia ocular incluem:

  • Coceira nos olhos

  • Vermelhidão nos olhos

  • Lágrimas

  • Inchaço das pálpebras

  • Visão embaçada

Tratamento

O tratamento da alergia ocular geralmente envolve o uso de medicamentos anti-histamínicos e/ou colírios anti-inflamatórios. Em casos graves, pode ser necessário o uso de esteroides.


Atopia ocular

A atopia ocular é uma condição crônica que causa inflamação nos olhos. Ela é frequentemente associada a outras condições atópicas, como asma e dermatite atópica.


Sintomas

Os sintomas da atopia ocular incluem:

  • Coceira nos olhos

  • Vermelhidão nos olhos

  • Lágrimas

  • Inchaço das pálpebras

  • Visão embaçada

Conjuntivite Atópica com Inchaço das Pálpebras, Olho Vermelho e alteração da Córnea (ceratoconjuntivite atópica).
Conjuntivite Atópica com Inchaço das Pálpebras, Olho Vermelho e alteração da Córnea (ceratoconjuntivite atópica).

Tratamento

O tratamento da atopia ocular geralmente envolve o uso de medicamentos anti-histamínicos e/ou colírios anti-inflamatórios. Em casos graves, pode ser necessário o uso de esteroides.


Blefarite

A blefarite é uma inflamação das pálpebras.


Ela pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo alergias, atopia, pelo ácaro Demodex sp. (Demodex folliculorum e Demodex brevis) infecções bacterianas (como o Staphylococcus aureus e Staphylococcus epidermidis) ou fúngicas e irritação por produtos químicos ou cosméticos.



Blefarite com colarettes, típica na infestação pelo ácaro Demodex.
Blefarite com colarettes, típica na infestação pelo ácaro Demodex.

Sintomas

Os sintomas da blefarite incluem:

  • Coceira nos olhos

  • Vermelhidão nos olhos

  • Inchaço das pálpebras

  • Escoriação das pálpebras

  • Dificuldade para abrir os olhos



Sinais da Blefarite: terçol, olho vermelho e secreção amarelada.
Sinais da Blefarite: terçol, olho vermelho e secreção amarelada.

Tratamento

O tratamento da blefarite geralmente envolve a limpeza regular das pálpebras com soluções especiais e o uso de medicamentos anti-inflamatórios ou antibióticos.



Olho seco

O olho seco é uma condição que ocorre quando as lágrimas não conseguem lubrificar adequadamente os olhos. Isso pode causar coceira, vermelhidão, irritação e sensação de areia nos olhos.


Sintomas

Os sintomas do olho seco incluem:

  • Coceira nos olhos

  • Vermelhidão nos olhos

  • Irritação nos olhos

  • Sensação de areia nos olhos

  • Dificuldade para ler ou dirigir



Conjuntivites

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, a membrana fina que reveste a parte branca do olho e o interior das pálpebras. Ela pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo alergias, infecções, irritações ou lesões.


Sintomas

Os sintomas da conjuntivite geralmente incluem:

  • Vermelhidão nos olhos

  • Coceira nos olhos

  • Lágrimas

  • Secreção ocular

  • Inchaço das pálpebras

Tratamento

O tratamento da conjuntivite depende da causa subjacente. As conjuntivites alérgicas e irritativas geralmente são tratadas com lágrimas artificiais ou pomadas oculares para aliviar a coceira e a irritação. As conjuntivites virais e bacterianas geralmente são tratadas com medicamentos específicos, como antibióticos ou antivirais.


Tipos de conjuntivite

Existem vários tipos de conjuntivite, cada um com sua própria causa e sintomas:


  • Conjuntivite alérgica

A conjuntivite alérgica é uma reação alérgica que afeta os olhos. Ela é causada pela exposição a alérgenos, como pólen, poeira, pelos de animais e produtos químicos.


Conjuntivite Alérgica causada por alergia ocular.
Conjuntivite Alérgica causada por alergia ocular.


  • Conjuntivite viral

A conjuntivite viral é uma infecção contagiosa que afeta os olhos. Ela é causada por um vírus, como o vírus da gripe ou o resfriado comum.


Conjuntivite Viral, pior à direita da imagem (esquerda do paciente).
Conjuntivite Viral, pior à direita da imagem (esquerda do paciente).

O tratamento da conjuntivite viral é realizado com compressas geladas, lubrificantes comuns (Optive, Systane, Hyabak, Hiluropt, Lacrifilm, Lacribell e afins).



  • Conjuntivite bacteriana

A conjuntivite bacteriana é uma infecção contagiosa que afeta os olhos. Ela é causada por uma bactéria, como a Staphylococcus ou a Streptococcus.


Conjuntivite Bacteriana: a secreção purulenta é evidente.
Conjuntivite Bacteriana: a secreção purulenta é evidente.

O tratamento da conjuntivite bacteriana é com o uso de colírio antibiótico como o Ofloxacino, Ciprofloxacino, Tobramicina e outros.




  • Conjuntivite fúngica

A conjuntivite fúngica é uma infecção rara que afeta os olhos. Ela é causada por um fungo, como o Candida ou o Aspergillus. Se ocorre infecção concomitante da córnea pode ser muito grave.

Conjuntivite fúngica com úlcera de córnea grave.
Conjuntivite fúngica com úlcera de córnea grave.

O tratamento da conjuntivite fúngica é com uso de colírios com antifungícos.




  • Conjuntivite medicamentosa

A conjuntivite medicamentosa é uma reação rara que ocorre após o uso de certos medicamentos, como antibióticos, anti-histamínicos e colírios (como os colírios para glaucoma).

Conjuntivite Medicamentosa causa pelo colírio de Glaucoma Alphagan (Tartarato de Brimonidina)
Conjuntivite Medicamentosa causa pelo colírio de Glaucoma Alphagan (Tartarato de Brimonidina)

O tratamento da conjuntivite medicamentosa é a suspensão do colírio, ou troca por outro colírio.




  • Conjuntivite tóxica e Conjuntivite Irritativa

A conjuntivite tóxica é uma inflamação causada por uma substância tóxica, como produtos de limpeza, pesticidas ou tintas.


A conjuntivite irritativa é uma inflamação causada por uma irritação, como fumaça, poluição, produtos químicos ou lentes de contato.

Conjuntivite Tóxica ou Conjuntivite Irritativa.
Conjuntivite Tóxica ou Conjuntivite Irritativa.

O tratamento nestas condições é evitar a exposição ao agente que causa a irritação/toxicidade.



  • Conjuntivite traumática

A conjuntivite traumática é uma inflamação causada por uma lesão, como um arranhão ou soco no olho.

Conjuntivite Traumática: por lesão direta ao olho.
Conjuntivite Traumática: por lesão direta ao olho.

É essencial sempre avaliar o olho que sofreu trauma para avaliação de possíveis complicações que podem causar perda da visão: arranhões na córnea, risco de descolamento de retina, uveíte traumática, aumento da pressão do olho.



Tratamento das Conjuntivites



Mal uso de Lentes de Contato


Os pacientes que utilizam lentes de contato podem apresentar desconfortos que indicam a intolerância com lentes de contato.


Sintomas do mal uso de lentes de contato:


Irritação logo ao colocar as lentes, olho vermelho crônico, olho seco com as lentes de contato, coceira com as lentes de contato, ponto branco na córnea.


Úlcera de Córnea por mal uso de Lentes de Contato. Note o ponto branco na córnea do paciente além do olho vermelho e irritado.
Úlcera de Córnea por mal uso de Lentes de Contato. Note o ponto branco na córnea do paciente além do olho vermelho e irritado.

Tratamento:


Começar uso responsável das lentes de contato, com higienização adequada, descarte frequente das lentes e do estojo de lentes de contato, manusear as lentes de contato com as mãos limpas sempre, não coçar os olhos com as lentes de contato.


O uso inadequado de lentes de contato pode levar à condições graves que podem comprometer de maneira definitiva a visão e levar à cegueira: como a úlcera bacteriana e a úlcera fúngica.




Recomendações


Se você estiver com os olhos coçando e vermelhos, é importante consultar um médico oftalmologista para determinar a causa subjacente e iniciar o tratamento adequado.


Alergia ocular

  • Se você tem alergia, é importante evitar os alérgenos que causam seus sintomas.

Atopia ocular

  • Se você tem atopia, é importante controlar outras condições atópicas, como asma e dermatite atópica.

Blefarite

  • Se você tem blefarite, é importante limpar as pálpebras regularmente.

Olho seco

  • Se você tem olho seco, é importante usar lágrimas artificiais ou pomadas oculares regularmente.

Conjuntivites

  • Se você tem conjuntivite é importante consultar seu médico oftalmologista para saber o tipo de conjuntivite e usar o tratamento adequado.

Mal uso de Lentes de Contato

  • Se você usa lentes de contato e tem irritações frequentes deve: descartá-las na frequência recomendada pelo fabricante, considerar trocar por lentes de contato de descarte diário, avaliar se tem alergia associada (intolerância à lentes de contato gelatinosas), consultar seu médico oftalmologista, não dormir com as lentes de contato, higienizar corretamente suas lentes e seu estojo de lentes, utilizar solução multiuso para lentes de contato, não manusear as lentes de contato ou o olho com a mão suja, não entrar na piscina e no mar com as lentes de contato.

Prevenção de Conjuntivites:

Para ajudar a prevenir a conjuntivite, é importante:

  • Evitar o contato com alérgenos, como pólen, poeira, pelos de animais e produtos químicos.

  • Lavar as mãos com frequência, especialmente após usar o banheiro ou tocar em animais.

  • Usar lentes de contato de acordo com as instruções do fabricante.

  • Usar protetores oculares ao trabalhar com produtos químicos ou realizar atividades que possam causar lesões nos olhos.

Autor:

Dr. Lucca Ortolan Hansen

Médico Oftalmologista (USP). CRM 177.002 | RQE 86.155



58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page